"Hay hombres que luchan un dia y son buenos
Hay otros que luchan um año y son mejores
Hay quienes luchan muchos años y son muy buenos
Pero hay los que luchan toda la vida
Esos son los imprescindibles"
(Bertolt Brecht)

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Caprichos da burguesia guasca

O vento e o lixo

http://www.diariogauche.blogspot.com/


O litoral guasca é coisa pra macho

Dias atrás dei uma recorrida no Litoral Norte. Entrei via Cidreira e percorri praticamente todas as praias, até Torres. Na natureza se destacam o vento forte e constante, molhado de maresia e um mar achocolatado, revolto e gelado. Coisa pra macho. Na paisagem urbana uma arquitetura pobre e repetida, muito lixo em terrenos baldios, lixo nas ruas, lixo nas poucas calçadas, o que denota a existência de um poder público que está se lixando para moradores e turistas, e uma novidade que cresce como cogumelo: condomínios fechados, muros altíssimos, com nomes que nada significam mas demonstram fantasias povoadas de monarcas, nobrezas e imaginários pré-capitalista e pré-republicano.

Passei por um condomínio cujo nome é Condado da Riviera, uma mescla tola de ignorância com desorientação. Falei com um zelador que estava visivelmente assoleado, sentado num abrigo inútil, na portaria do tal Condado:

- O senhor pode me dizer onde mora o Conde?

Ele nada respondeu. Acho que estava sofrendo uma forte insolação.

Um comentário:

Bruno Philipppsen disse...

Muito boa pergunta! Vou fazê-la aqui em Passo Fundo para o zelador do "Condado da Vergueiro"... Esses construtores se superam...